She





• Bruh • Soll • Brunny • Brunnynha • Leão • Sonhadora • Lutadora • Amiga • Leal • Teimosa • Orgulhosa • Complexa • Apaixonada • Ousada • Curiosa • Extrovertida • Criança • Adulta • Destemida • Medrosa • Acima de tudo ela PRÓPRIA •

- Cara de Menina em Corpo de Mulher. Uma Lutadora com Sangue a mais nas veias! Atiro-me ao Mundo com uma mão cheia de Nada e outra de Coisa Nenhuma... Sorrio com o Simples e às vezes apenas por saber que estou Viva! Trago a Garra no Olhar, a Coragem no Peito e os Sonhos nas mãos... E a certeza que tenho as melhores Pessoas da minha Vida ao meu Lado! Cada minuto, cada segundo... Há que torná-lo Perfeito! 
O resto, faz parte do meu Mistério ...



But… A little more…

         Noite de 21 para 22 de Agosto do início da década de 90. A menina confrontou-se com a morte mesmo antes de nascer. Parece que o espírito da guerreira foi mais forte e a Vida venceu. A Bruna nascia naquela madrugada, mais cedo do que seria previsto e com uma tensão irresistível em vir respirar o oxigénio cá deste Mundo. Deve ter sido o primeiro “Não” que disse à Morte, ainda mesmo sem saber. Primeira filha de um jovem casal, olhos grandes e negros, pela clara e caracóis escuros.
        A Bruna não é fácil. E não segue os caminhos mais fáceis. Aliás, ela tem a tendência sempre de experimentar o mais complexo. Tem uma teimosia que a envaidece e faz desnivelar o chão de quem está ao lado dela. Não é fácil na medida em que quando mete algo naquela cabeça, tem que o conseguir, tem que lutar, e se vai ao chão, depressa as asas se soltam para que ela comece de vez a Voar. Não é fácil de conquistar. Não é fácil quando se apaixona, porque o faz a sério. Tão a sério, que todas as Artes e Pessoas por quem é apaixonada fazem parte do centro do seu mundo e pertencem à sua caixinha de Pandora. A Fidelidade está no topo, e sofre quando não são leais com ela. Tem um orgulho terrível e enigmático. Um olhar que procura aquecer o Mundo à sua volta e que a faz parecer uma leoa quando sobe ao Palco. Ela lá vai cantando, dançando e os 12 anos de teatro que possui são a certeza daquilo que quer fazer para o resto da Vida. Quase que ela podia Morrer ali, no segundo em que teatralizava… desde que fosse feliz. Ela sorri com o mais simples, e emociona-se com o mesmo, na mesma medida. Cristaliza as lágrimas num olhar castanho-avelã de origem árabe, não as deixando correr pela pele clara vincada a leves sardas. É uma apaixonada pela Vida e pela arte de Viver, provavelmente porque já passou momentos em que quase a viu escorregar das mãos. Aprendeu a agarrar com força e tens os dedos marcados de apanhar pecinhas de vidro de um Mundo que o destino já atirou ao chão. E então ela foi lá e reconstruiu, porque não há puzzle que ela não tente identificar e não há resposta que fique por dar. Ela não é vingativa, mas é justiceira. É lutadora, e também se cansa. Tem asas grandes, que também precisam de curar de vez em quando. É corajosa, mas também tem medos. Ela é um Mundo Inteiro, ligado a outros Mundos Inteiros que Ama terrivelmente e que se vai deixando amar. Mas a Bruna, tem a noção de que no Mundo dela, ela deve e tem de ser, o Sol, o seu próprio Sol. Afinal, se ela não brilhar por ela mesma, quem o fará?

 photo barra 31.png

0 comentários:

Enviar um comentário

Deixa a tua opinião! Ela é muito Importante para mim! Obrigada :). Volta Sempre ;)